Alemanha

Bis de Tiago Tomás não evita derrota do Estugarda em Leverkusen

Bis de Tiago Tomás não evita derrota do Estugarda em Leverkusen

Dois golos do avançado português Tiago Tomás foram, este sábado, insuficientes para impedir a derrota por 4-2 do Estugarda no estádio do Bayer Leverkusen, que consolidou o terceiro lugar da Liga alemã, à passagem da 22.ª jornada.

Tiago Tomás marcou pela primeira vez aos 49 minutos, com um forte remate cruzado, depois de, aos 41, Moussa Diaby ter inaugurado o marcador para o Leverkusen, que ficou em boa posição para assegurar o triunfo quando Amine Adli, aos 52, e Florian Wirtz, aos 86, aumentaram a vantagem para 3-1.

O avançado, que está emprestado pelo Sporting ao Estugarda (17.º e penúltimo classificado), ainda reduziu, aos 88 minutos, na recarga após um remate de Alexis Tibidi ao poste, antes de Patrik Schick, segundo melhor marcador da Bundesliga, com 19 golos, fixar o resultado final, aos 90.

PUB

O Leverkusen cimentou o terceiro lugar e colocou-se a apenas dois pontos de distância do Borussia Dortmund, segundo classificado (que se desloca no domingo ao estádio do Union Berlim), e reduziu para 11 o atraso relativamente ao líder Bayern Munique, derrotado por 4-2 em Bochum.

O ponta de lança polaco Robert Lewandowski, melhor marcador da prova, com 26 tentos, ainda abriu o marcador a favor dos bávaros, logo aos nove minutos, mas a resposta dos visitados foi implacável, com golos do ganês Antwi-Adjei (14), do holandês Jurgen Locadia (38), na conversão de uma grande penalidade, do costa-riquenho Cristian Gamboa (40) e Gerrit Hotmann (44).

No segundo tempo, a 15 minutos do apito final, Lewandowski marcou novamente e deu uma ligeira esperança ao Bayern, tendo ainda cobrado um livre direto que levou a bola a embater em cheio na trave do 11.º posicionado do campeonato.

O Friburgo, que na sexta-feira viu o Leipzig passar a ocupar o quarto posto, de acesso direto à 'Champions', desperdiçou a oportunidade de defender o lugar que era seu, face à igualdade a um golo diante do Mainz.

Passa a ocupar o quinto posto, com os mesmos 34 pontos da equipa do ponta de lança luso André Silva e do Union Berlim.

Com o internacional português Gonçalo Paciência em campo a partir do minuto 70, o Eintracht Frankfurt (10.º, com 31) perdeu por 2-0 na receção ao Wolfsburgo (12.º, com 27), que marcou por Max Kruse (28) e Dodi Lukebakio (90+3).

De regresso aos triunfos está o Borussia Mönchengladbach, após três jogos sem vencer na prova. Os médios Kouadio Kone (30) e Jonas Hofmann (46) e o defesa Bensebaini (67) marcaram os golos que valeram a vitória diante do 'aflito' Augsburgo (3-2), que ainda reduziu por Iago (55) e Finnbogason (90+3).

O Greuther Fürth, lanterna-vermelha da Bundesliga, ultrapassou em casa o Hertha Berlim (2-1), que não vence há cinco partidas, graças a um 'bis' do sueco Branimir Hrgota (01 e 71 minutos).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG