Exclusivo

Bodas de pérola da geração de ouro

Bodas de pérola da geração de ouro

Assinala-se esta quarta-feira o 30.º aniversário da conquista do Mundial de sub-20 de 1991. Final com o Brasil teve 127 mil pessoas na Luz. Êxito nos penáltis foi trabalhado nos treinos: um remate por jogador.

Com 127 mil espectadores nas bancadas, recorde nacional nunca batido, a chamada "geração de ouro" juntou à enchente a vitória na final do Mundial de sub-20, frente ao Brasil, disputada a 30 de junho de 1991, no Estádio da Luz, em Lisboa, faz hoje 30 anos. A equipa das quinas venceu no desempate por penáltis (4-2), após o nulo no tempo regulamentar e no prolongamento.

"Dominámos inteligentemente e só assim foi possível vencer, frente a uma grande equipa, com grandes jogadores", disse, então, Carlos Queiroz, selecionador luso que, em 1991, repetiu o êxito de 1989 em Riade, no mesmo escalão, tal como os jogadores João Vieira Pinto e Brassard. Com a antiga Luz a rebentar pelas costuras, Portugal chegou ao "bis", naquele que foi também o último êxito Mundial das quinas, que hoje faz 30 anos, as "bodas de pérola".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG