Futebol

Braga dispara contra as arbitragens

Braga dispara contra as arbitragens

Na habitual newsletter semanal, a SAD reforça as críticas em relação aos árbitros, sublinhando a existência de uma "gritante dualidade de critérios no futebol português".

Na ressaca do empate com o Famalicão (2-2), jogo em que Bruno Rodrigues foi expulso e colocou a equipa da casa numa situação delicada, o Braga atira-se às arbitragens. "A gritante dualidade de critérios no futebol português é evidente em demasiadas ocasiões, com declarado prejuízo para os clubes que, pelas mais diversas razões, produzem menor ruído mediático", sublinha a SAD dos guerreiros, considerando ser "essencial que haja uma uniformização dos critérios de arbitragem, de modo a devolver igualdade à competição". Até porque, entende, "sem esta premissa basilar qualquer campeonato estará, indubitavelmente, condenado à partida".

A projetar o jogo com o Marítimo, no sábado, em casa, o Braga faz um apelo à presença dos adeptos no estádio: "A comunhão entre adeptos e equipa será essencial para levarmos o clube ao sucesso. É também por isso que temos um novo mote, o qual se funde com a nossa alma: '2022 é no estádio'. Queremos sentir a voz e a força dos nossos sócios e adeptos em todos os jogos! Esta semana foi a prova cabal de que, com a determinação dos nossos jogadores e o vosso apoio nas bancadas, conseguiremos superar todas as dificuldades".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG