Grécia

Braga fechado no hotel num país em que só com autorização do Governo se pode sair de casa

Braga fechado no hotel num país em que só com autorização do Governo se pode sair de casa

A equipa minhota, que nesta quinta-feira joga com o AEK e pode qualificar-se já para os 16 avos de final da Liga Europa de futebol, está confinada e só deixa a unidade hoteleira para o estritamente necessário. Uso de máscara é obrigatório e o incumprimento pode dar multa.

Rigor máximo na Grécia, no ataque à pandemia de covid-19, a obrigar o Sporting de Braga a seguir as regras locais e a salvaguardar a "bolha" imposta pela UEFA, para não ter problemas.

Há um mês que, em Atenas e no resto do país, para se sair de casa é necessário indicar o motivo, que o Governo avalia mediante contacto prévio, enviando depois, se for o caso, um SMS (mensagem escrita telefónica), "documento" fundamental para exibir, caso se seja abordado pelas autoridades policiais.

O Braga, que está em Atenas, como já esteve esta época em Zaporizhya (Ucrânia) e Leicester (Inglaterra), numa "bolha" seguindo as normas da UEFA, não precisa de autorizações especiais para se movimentar pela cidade, mas assumiu o compromisso de só o fazer para o absolutamente necessário: deslocações entre o aeroporto e o hotel, e entre o hotel e o estádio, para treinar e jogar. A equipa ocupa um piso exclusivo, na unidade hoteleira de cinco estrelas em que está instalada na capital helénica e prescindiu do passeio pelas redondezas, habitual em dia de encontro.

De modo geral, na Grécia, apenas as lojas tidas como essenciais, como supermercados e farmácias estão abertas, enquanto o ensino é somente presencial para creches e escolas primárias. O restante funciona à distância. O uso de máscara é obrigatório, com multa de 300 euros para prevaricadores e há indicações frequentes para que se salvaguarde o distanciamento social e se cumpram as normas de higiene.

O movimento, pelo menos na capital grega, ainda assim é considerável, mas nada como em outros tempos, em que nomeadamente o turismo era vital para a economia do país. Ao fim da tarde e à noite quase não se vê ninguém pelas ruas, com a segunda vaga do confinamento a ser levada muito a sério.

PUB

Certo é que, com uma população idêntica à portuguesa, a Grécia está a ter melhores resultados no combate à pandemia. Exemplos: tem três vezes menos casos de covid-19 diagnosticados e metade dos mortos do que Portugal...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG