Desporto

Braga ficou retido meia-hora no avião à chegada à Bélgica

Braga ficou retido meia-hora no avião à chegada à Bélgica

O Braga já está na Bélgica. A viagem, de cerca de duas horas, correu com toda a tranquilidade. No entanto, o conjunto minhoto acabou por sofrer uma contrariedade logo após aterrar no aeroporto de Ostende.

A comitiva do emblema minhoto teve de esperar dentro do avião cerca de meia-hora, uma vez que os serviços do aeroporto não garantiram em tempo útil um autocarro para transportar os passageiros até à zona de desembarque.

A distância nem era longa, mas o facto de estar a chover, soprar muito vento e se registar uma temperatura baixa (cinco graus) fez com que ninguém quisesse fazer o trajecto a pé.

Nesta altura, a equipa de Leonardo Jardim já está a caminho do hotel em Bruges, para almoçar e descansar até à hora do treino de adaptação ao palco do jogo de amanhã (20.05 horas), diante do emblema local e referente à última jornada do Grupo H da Liga Europa. Os guerreiros já têm presença garantida nos 16 avos-de-final, mas precisam de vencer para assegurar o primeiro lugar e, assim, beneficiar do estatuto de cabeça-de-série no sorteio de sexta-feira.

António Salvador, presidente do Braga, só amanhã se juntará à comitiva, uma vez que ficou no Porto, para marcar presença no Conselho de Presidentes e nas Assembleias Gerais da Liga que hoje à tarde se realizam.