Desporto

Braga vira resultado com a Naval e lidera Grupo B da Taça da Liga

Braga vira resultado com a Naval e lidera Grupo B da Taça da Liga

Um golo de Custódio, a dez minutos do final, consumou esta quarta-feira a reviravolta que permitiu ao Sporting de Braga vencer no terreno da Naval, por 2-1, e assumir a liderança do Grupo B da Taça da Liga.

No Estádio José Bento Pessoa, Regula (3 minutos), de grande penalidade, inaugurou o marcador para a Naval, mas Haas (23) restabeleceu o empate, numa primeira parte em que o Braga foi surpreendido pela equipa da II Liga. No segundo tempo, os "arsenalistas" controlaram as operações e o médio internacional luso sentenciou a partida também de penálti.

A Naval iniciou a partida praticamente em vantagem e, quando ainda ecoavam os festejos do golo, a turma da Figueira da Foz poderia ter dilatado a vantagem não fora o desperdício de João Martins após defesa incompleta de Quim.

A formação minhota reagiu de imediato ao golo sofrido, sacudiu o bloco alto da turma da casa e assumiu as despesas. Carlão (12) e Ruben Amorim (22) deixaram o sinal de inconformismo, obrigando Guilherme a duas grandes defesas.

O golo bracarense começou a adivinhar-se e surgiu ao minuto 23, com Haas a saltar sem oposição e desfeitear Guilherme na sequência de pontapé de canto.

A equipa visitante entrou determinada em mudar o rumo da partida na etapa complementar e, três minutos após o reatamento, o guardião da equipa da Figueira da Foz, com grande estirada, negou o golo a Alan.

José Peseiro, pouco satisfeito com o rumo dos acontecimentos, lançou Ismail e Mossoró para os lugares de Paulo César e Hélder Barbosa de uma assentada (minuto 59) e, poucos minutos depois, aumentou a frente ofensiva com a entrada de Éder.

E foi de uma falta de Carlitos precisamente sobre o avançado internacional português que nasceu a grande penalidade que permitiu a Custódio fazer o resultado final.

Com esta vitória, o Sporting de Braga assumiu a liderança do Grupo B da Taça da Liga, com quatro pontos, mais dois do que Vitória de Guimarães e Beira-Mar, enquanto a Naval ficou posicionada no último lugar, com um.