Benfica

Bruno Costa Carvalho retira candidatura para "não dividir" votos contra Vieira

Bruno Costa Carvalho retira candidatura para "não dividir" votos contra Vieira

Bruno Costa Carvalho retirou a candidatura da lista C às eleições para os órgãos sociais do Benfica, marcadas para quarta-feira, de forma a "não dividir" o voto da oposição a Luís Filipe Vieira, anunciou esta terça-feira o promotor da lista.

"Após ponderada reflexão, foi tomada pelos membros candidatos da Lista C às eleições do Sport Lisboa e Benfica, representante do Movimento 'Todos P'lo Benfica', a decisão de não ir até ao fim com esta candidatura e já foi comunicada essa decisão ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral", informa uma publicação na página oficial de Bruno Costa Carvalho na rede social Facebook.

O empresário lembrou que defendeu "publicamente a necessidade da existência de uma lista única de alternativa à atual direção", presidida por Luís Filipe Vieira, e lamentou a "falta de vontade e de humildade" das restantes candidaturas, já que "nunca procuraram quaisquer consensos".

"O único motivo que nos leva a tomar esta atitude reside na vontade que sempre manifestámos de não dividir uma oposição, que deveria agregar os benfiquistas para um novo ciclo de mudança", explicou.

Bruno Costa Carvalho, que foi candidato em 2009, era o promotor da lista C, mas estava impedido de a encabeçar por não ter 25 anos seguidos como sócio do Benfica. Por essa razão, Luís Miguel David era o número um da lista.

As eleições para os órgãos sociais do Benfica estão marcadas para quarta-feira, entre as 8 as 22 horas, no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa, e em 24 casas do clube.

Luís Filipe Vieira (lista A), João Noronha Lopes (lista B) e Rui Gomes da Silva (lista D) são os candidatos.

PUB

Outras Notícias