Sporting

Bruno de Carvalho culpa Jorge Mendes por rescisão de Patrício

Bruno de Carvalho culpa Jorge Mendes por rescisão de Patrício

O presidente do Sporting confirmou, esta sexta-feira, a rescisão de contrato de Rui Patrício. Bruno de Carvalho acredita que o Sporting está a ser chantageado.

Em conferência de imprensa, o líder leonino reagiu às mais recentes polémicas de Alvalade, que envolvem o pedido de rescisão de Rui Patrício, que, como apurou o JN, foi apresentado às 10.15 horas desta sexta-feira.

Sobre o negócio com o Wolverhampton, o presidente do Sporting disse que a transferência do capitão leonino seria feita por 18 milhões de euros, revelando que Jorge Mendes queria sete milhões de euros para si. "Tinha sido muito fácil. O dinheiro nem é meu. É do Sporting", ironizou Bruno de Carvalho. "Aqui fazemos a gestão do dinheiro como se fosse nosso. Aceitar dar a um senhor sete milhões, que achamos não tem direito, não o fazemos. Seria um crime de lesa o Sporting aceitar uma chantagem destas", vincou.

"Houve um claro aproveitamento da Gestifute, empresa de Jorge Mendes", disse Bruno de Carvalho. "Lamento que o Rui não tenha falado com a sua entidade profissional. O Rui está a ser manipulado", defende.

Segundo Bruno de Carvalho, o Sporting "está a ser alvo" de uma chantagem. "A direção acredita que o Rui Patrício e o William, que nada tem que ver com este processo, já deveriam ter deixado o Sporting. Merecem ter a sua oportunidade, desde que os interesses do Sporting sejam defendidos", adiantou Bruno de Carvalho.

PUB

"Alguém está a contar uma história mal contada ao Rui Patrício. Estamos cá para defender os jogadores, mas não vamos ser chantageados. Espero que o Rui tenha a possibilidade de sair do Sporting pela porta grande, como ele merece", referiu. "O que estão a fazer com o Rui é muito feio. As pessoas têm que ter muita calma e muita serenidade e não atacarem o Rui", diz.

Questionado sobre Jorge Mendes, disse que o empresário era um "homem inteligente". "Acho que lhe ficava bem assumir o papel preponderante que tem no Benfica", referiu. "Nós temos tudo preparado, caso a situação evolua neste sentido. Mas espero que isto não siga para a frente. Não é prestigiante para ninguém", revela.

Sobre eventuais rescisões de contrato por parte de outros jogadores, Bruno de Carvalho admite que "tudo é possível" e que "se trata de uma situação muito complexa".

Jorge Jesus e o Sporting

Sobre as notícias que dão conta de uma alegada intenção de manter Jorge Jesus no comando técnico da equipa de futebol do Sporting, Bruno de Carvalho não confirmou qualquer intenção. "Tem que se apresentar dia 21", referiu. "Jorge Jesus é treinador do Sporting. Tudo o resto é um não-assunto".

No final da conferência de imprensa, Fernando Correia, porta-voz da direção do Sporting, informou que Bruno de Carvalho vai prestar esclarecimentos aos sócios em Santa Maria da Feira, no Europarque, esta sexta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG