Desporto

Bruno de Carvalho diz que arbitragem ultrapassa limites do ridículo

Bruno de Carvalho diz que arbitragem ultrapassa limites do ridículo

O presidente do Sporting afirmou, esta sexta-feira, que o presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) "já ultrapassou os limites do ridículo, após ter sido expulso no empate 2-2 na receção ao Tondela.

"O senhor Vítor Pereira já ultrapassou os limites do ridículo. Posso ter sido expulso, mas não fui eu que cometi um erro tão infantil como o que foi cometido aqui hoje", disse Bruno de Carvalho, na zona mista do Estádio José Alvalade, contestando o lance da expulsão do guarda-redes Rui Patrício, aos 29 minutos, que permitiu aos tondelenses inaugurarem o marcador, na conversão da correspondente grande penalidade.

Bruno de Carvalho disse esperar o seu castigo, acrescentando que o afastamento do banco lhe vai ser favorável, "porque os jogos não se jogam dentro das quatro linhas", e explicou o que motivou a sua expulsão: "Disse a verdade ao árbitro, que não era penálti e que, se estava de férias, estava melhor de férias."

"O que se passa claramente é que nós temos de assistir a isto, a ouvir que o Sporting é beneficiado, e acontece uma coisa destas, ainda têm o desplante de expulsar uma pessoa e não se deram ao trabalho de fazer um bom trabalho. Claro que todos erramos, mas sempre para o mesmo lado não vale a pena. O Sporting à frente incomoda muita gente", reiterou o dirigente 'verde e branco'.

O presidente 'leonino' assegurou que a indignação com a arbitragem de hoje "só vai unir mais a equipa", anunciando "um Sporting completamente diferente, com raiva pelo que se está a passar no futebol português, porque isto é demais".

"Vou relembrar os sportinguistas que este foi o árbitro que arbitrou o primeiro jogo que assisti como presidente, o Sporting B- Benfica B, em Rio Maior. Foi o árbitro que inventou expulsões, passou penáltis para livres, um dos piores árbitros que eu já vi que veio parar, de repente, à primeira divisão e a arbitrar jogos do Sporting. Não faz sentido nenhum", referiu.

Para Bruno de Carvalho, no lance da grande penalidade, o avançado brasileiro do Tondela Nathan Júnior "já está em queda, não toca na bola, agarra-se à perna e quando vê penálti larga-a e faz sinal de que conseguiu".

"O Sporting sai daqui com menos um jogador e menos dois pontos", lamentou o presidente do Sporting, que culpou quem "semana após semana divulga as notas negativas dos árbitros em vitórias do Sporting".

Sporting e Tondela empataram hoje 2-2, em jogo da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, deixando os 'leões' na liderança com mais cinco pontos do que Benfica e FC Porto, que defrontam Estoril-Praia e Vitória de Guimarães, no sábado e no domingo, respetivamente.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG