Sporting

Bruno de Carvalho: "Hoje é um dia em que eu votaria não"

Bruno de Carvalho: "Hoje é um dia em que eu votaria não"

A poucas horas de ver decidido o seu futuro como dirigente do Sporting, na assembleia-geral de destituição do Conselho Diretivo, Bruno de Carvalho voltou ao Facebook para apelar ao voto no "não" e aproveitou para fazer uma extensa lista de agradecimentos.

"Em primeiro lugar quero pedir desculpa a toda a minha família. O que a minha paixão pelo Sporting CP vos tem feito passar é inconcebível. É uma angústia ver o vosso olhar triste e preocupado... Que fui eu fazer às vossas vidas? Aconteça o que acontecer, aqui estarei para vos compensar todo o tempo que não me tiveram ao vosso lado e todo o enxovalho que sofreram pelas calúnias e difamações que acabam por vos afectar e atingir", começou por escrever.

"Enquanto uns têm Duques eu tenho a sorte de ter os Ases! Enquanto uns incendeiam eu tenho a sorte de ter quem apaga os fogos com mestria! Enquanto uns são torres arrogantes eu tenho a sorte de ter os peões que se sacrificam para no final ser o Sporting CP a fazer cheque-mate!", afirmou o dirigente leonino, antes de iniciar um rol de agradecimentos pessoais, nomeadamente a membros do Conselho Diretivo (CD) e do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD).

Os sócios sportinguistas são, este sábado, chamados a votar "sim", "não" ou "abstenção", à afirmação "Revogação coletiva, com justa causa, do mandato dos membros do Conselho Diretivo", sendo que "sim" significa a saída do Conselho Diretivo e "não" significa a sua continuidade. A formulação alterada, na sexta-feira, pelo presidente da Mesa da assembleia-geral, Jaime Marta Soares, na sequência de uma exigência de Bruno de Carvalho.

A assembleia-geral vai decorrer na sala Atlântico da Altice Arena, a partir das 14 horas deste sábado, embora as portas abram cerca das 12 horas para os associados. A votação encerra às 20 horas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG