O Jogo ao Vivo

Sporting

Bruno de Carvalho quer processar direção de Godinho Lopes

Bruno de Carvalho quer processar direção de Godinho Lopes

Sem papas na língua, Bruno de Carvalho apresentou, esta quarta-feira, o programa eleitoral com vista à vitória nas eleições do Sporting, a 23 de março, e deixou recados à navegação. Não tolera chantagens e vai processar a direção de Godinho Lopes e demais responsáveis pelos ordenados e pagamentos em atraso.

"Temos de decidir se queremos um clube livre ou refém. Não admitimos pressões nem mentiras. Não podemos aceitar que uma direção se vai embora com ordenados e pagamentos em atraso", começou por dizer o candidato que depois clarificou a intenção: "Para que não restem dúvidas, se tal vier a acontecer, o nosso primeiro ato de gestão será responsabilizar cível e criminalmente todos os membros da direção por má fé e gestão danosa para o nosso Sporting".

Já sobre a campanha, Bruno de Carvalho adiantou os nomes dos cinco vice-presidente que o acompanharão em caso de eleição: Artur Torres Pereira (expansão e núcleos), Carlos Vieira (financeiro), Vicente Moura (modalidades), Vítor Ferreira (património) e António Rebelo (comunicação).

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG