Sporting

Bruno Fernandes: "Se pudesse tirava o Brahimi"

Bruno Fernandes: "Se pudesse tirava o Brahimi"

Pela segunda temporada consecutiva, Bruno Fernandes vai representar o Sporting na final da Taça de Portugal e desta vez, ao contrário do que aconteceu há um ano diante do Aves, pretende levantar o troféu frente ao F. C. Porto.

"O que aconteceu no ano passado [ataque à academia de Alcochete em vésperas da final] é algo que deixa marcas e vir aqui de novo faz-nos recordar algumas coisas. Mas o mais importante é que no ano passado viemos aqui perder a final e este ano queremos ganhá-la", afirmou o internacional português, que espera um duelo difícil com os azuis e brancos.

Sobre a equipa de Sérgio Conceição, Bruno Fernandes foi desafiado a dizer que jogador tiraria se tivesse essa possibilidade a resposta foi dada de imediato. "Brahimi. Tirava-o porque é o jogador mais desequilibrador do campeonato. Se estiver num dia sim é um jogador muito difícil de marcar. Tem rasgos de génio, consegue de um momento para o outro tirar dois ou três jogadores da frente. Era o jogador que tiraria. Mas há outros com muita qualidade, como o caso do Danilo, por exemplo", disse.

Importante com as prestações individuais que tem conseguido com a camisola do Sporting, tendo sido fundamental nas meias-finais contra o Benfica, Bruno Fernandes quer abrilhantar a época com a conquista da Taça de Portugal.

"Estou muito contente com meu percurso este ano. Os dois golos na meia-final que permitiram ao Sporting estar aqui tiveram mérito meu, mas também da equipa, porque não se consegue nada sozinho. Mas para acabar bem a minha época tenho que ganhar a Taça de Portugal".

Após ter ajudado a ganhar a Taça da Liga numa final contra o F. C. Porto, o médio quer agora a Taça de Portugal novamente contra os dragões. Quanto ao futuro, Bruno Fernandes garante que por agora pertence aos leões.

"Sempre disse que ia sair do Sporting se as minhas ambições fossem maiores que as do clube. Neste momento não são. Quero ganhar a Taça de Portugal, ser campeão e ainda não consegui. Claro que se chegar uma proposta irrecusável para mim e boa para as duas partes, iremos discutir. Mas tenho contrato com o Sporting e o que tiver que acontecer, a seu tempo acontecerá".