Liga dos Campeões

Bruno Lage: "A nossa ambição era fazer uma competição diferente"

Bruno Lage: "A nossa ambição era fazer uma competição diferente"

O treinador do Benfica assume má prestação europeia das águias até ao momento e diz que golo madrugador do Lyon "deitou por terra a estratégia".

Bruno Lage acredita que o golo do Lyon, logo aos três minutos, foi importante para o Benfica não conseguir trazer pontos de França. O treinador referiu que as apostas em Tomás Tavares e Gedson foram para "dar frescura ao corredor direito".

"[André Almeida e Pizzi no banco?] As figuras são todos os jogadores. Queríamos dar alguma frescura em termos defensivos no corredor direito, por isso apostámos no Tomás Tavares, e atacar a profundidade com o Gedson. Um golo logo a abrir deitou um pouco por terra a nossa estratégia, numa primeira parte que não foi boa", referiu o técnico benfiquista, após o encontro desta noite.

Para Bruno Lage, a substituição forçada de Ferro, "depois de uma sequência de jogos complicada", também tirou margem de manobra para ir buscar trunfos ao banco.

"Este resultado foge ao que pretendíamos. A nossa ambição era fazer uma competição diferente, mas resta-nos continuar a trabalhar. Com três pontos em quatro jogos, não nos resta nada que não seja lutar pelas vitórias [nos jogos que faltam]", completou.