Inglaterra

Bruno Lage: "No Benfica, fui treinador do ano, perdi um par de jogos e fui despedido"

Bruno Lage: "No Benfica, fui treinador do ano, perdi um par de jogos e fui despedido"

O Wolverhampton está a fazer uma boa temporada mas, apesar dos bons resultados, o treinador português mostrou-se, esta quarta-feira, bastante cauteloso, dando o exemplo da passagem pelo Benfica.

Os "Wolves" ocupam, atualmente, o sétimo lugar da Premier League e estão bem encaminhados para assegurar um lugar nas competições europeias. Apesar disso, Bruno Lage prefere manter a cautela quando se fala no sonho europeu, destacando que nenhum treinador tem um lugar seguro.

"Posso ser despedido no dia seguinte. Quantos treinadores chegaram, fizeram quatro ou cinco jogos na Premier League e foram despedidos? Temos contrato mas podemos ser despedidos. É a nossa vida, mesmo quando se sonha com coisas que queremos na vida, é preciso dar passos seguros", começou por dizer na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Arsenal, recordando a passagem pelo Benfica.

"Quero jogar na Liga Europa e na Liga dos Campeões com os 'wolves' todos os anos, mas o meu foco é ganhar o próximo jogo. Porque a nossa vida pode mudar do nada. Vejam o caso do Nuno Espírito Santo. Ele estava aqui, fez um trabalho fantástico, depois foi para o Tottenham, foi treinador do mês e o que aconteceu no mês seguinte? Foi dispensado. Eu fui treinador do ano, treinador dos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, mas depois de perder um par de jogos, fui despedido. É por isso que tenho as chaves do carro no bolso, para poder pôr as malas na bagageira e seguir", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG