Futebol

Bruno Lage: "O Famalicão encostou-nos às cordas"

Bruno Lage: "O Famalicão encostou-nos às cordas"

No rescaldo do empate com o Famalicão, que deu um lugar na final da Taça de Portugal ao Benfica, Bruno Lage considerou a passagem encarnada justa, sem esquecer a boa exibição da equipa do Minho.

"Vimos na sequência de quatro jogos, com três dias de descanso, mas a equipa apresentou-se fresca. Acho que é com justiça que chegamos ao intervalo a vencer. Na segunda parte, o Famalicão jogou melhor, não pressionámos como gostaríamos de ter pressionado. Apresentou-se fresco. Em termos ofensivos, o Famalicão esteve muito bem e encostou-nos às cordas. A nossa intenção foi sempre manter uma pressão alta. Os parabéns ao Famalicão pela boa exibição. Mas procurámos o resultado que nos leva a final do Jamor", começou por dizer Bruno Lage, que vai estar na final do Jamor pela primeira vez na carreira.

"É uma final que toda a gente gosta de disputar. Vamos [Bruno Lage e elementos da equipa técnica] estar lá pela primeira vez e vamos aguardar pelo adversário. Hoje, o mais importante era a equipa chegar ao triunfo depois de um jogo não tão bom. O mais importante era seguir em frente", concluiu.

O Benfica empatou (1-1), esta terça-feira, frente ao Famalicão no Minho, e é o primeiro finalista da Taça de Portugal. Pizzi aproveitou um passe de calcanhar de Cervi, junto à linha, e inaugurou o marcador. Em cima do intervalo, Patrick William empatou mas o golo foi anulado por fora de jogo. Toni Martínez, já na segunda metade, selou o resultado.

Na primeira mão, no Estádio da Luz, os encarnados venceram por 3-2. Na final, o Benfica vai encontrar o vencedor do F. C. Porto - Académico de Viseu, agendado para esta quarta-feira.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG