Futebol

Bruno Varela: "Não gostei da forma como fui tratado no Benfica"

Bruno Varela: "Não gostei da forma como fui tratado no Benfica"

Bruno Varela abordou, esta segunda-feira, a passagem pelo Ajax e não escondeu o desagrado pela forma como foi tratado no Benfica, onde passou de titular a terceira opção.

Passou de primeira para terceira opção no Benfica e acabou por ir para o Ajax em janeiro, clube pelo qual conquistou um campeonato e a Taça, antes da entrada de Bruno Lage na Luz. Apesar de não ter jogador pelos holandeses, Bruno Varela considerou que a ida para o Ajax não foi um erro e salientou que não gostou da forma como foi tratado no Benfica.

"[Assinar pelo Ajax] não foi um erro, porque aprendi muito. Evoluí como jogador, cresci muito pela maneira como eles jogam e pela mentalidade deles. Foi uma experiência muito boa. Claro que queria jogar, mas quando surgiu a hipótese Ajax, já sabia que seria muito complicado, porque o Onana estava lá. É um jogador com muito peso no Ajax. Não ia com expectativa de jogar, mas queria mostrar o meu valor e esperar por uma oportunidade. No Benfica era a terceira opção e passei para segunda no Ajax, que estava na Champions. Foi um passo em frente em comparação com o meu início no Benfica", disse o guarda-redes em entrevista ao jornal "O Jogo", salientando não ter ficado satisfeito por ter sido preterido no Benfica.

PUB

"Tinha sido titular na época anterior, cometi um erro e saí, mas são opções e não gosto de comentar isso. Respeito as decisões e os meus treinadores, independentemente da forma como sou tratado. Mas não gostei da forma como fui tratado, nem um pouco, mas é a vida no futebol. Rui Vitória teve-me como primeira opção na época anterior e depois achou que não era a primeira opção. Chegou o Odysseas e para mim fez uma época muito positiva, teve muita influência em muitos jogos e fiquei feliz por ele. Passei para terceiro guarda-redes e obviamente não fiquei satisfeito. De certa forma, não consegui compreender muito bem".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG