Hóquei em patins

Cabestany despede-se dos dragões

Cabestany despede-se dos dragões

O treinador espanhol Guillem Cabestany confirmou esta quinta-feira que está de saída do comando técnico da equipa de hóquei em patins do F. C. Porto, confessando que vive o momento como o "acordar de um sonho" e que é tempo "para partir".

"Nunca vou poder agradecer tudo o que o F. C. Porto, os seus trabalhadores, os jogadores, os membros do staff e os adeptos fizeram por mim. Mais uma vez muito obrigado, vou estar sempre em falta com todos vocês. Mas como todos os sonhos chega um momento que toca acordar, e hoje tocou acordar, acordar para partir", escreveu o técnico espanhol, nas redes sociais.

Desde 2015 no clube, Cabestany levou os azuis e brancos a conquistarem dois campeonatos, três Taças de Portugal e quatro Supertaças.

"Seis anos de trabalho, muito trabalho, de emoções, de muitas emoções, mas acima de tudo de paixão, muita paixão, 24h ao dia e 365 dias do ano, de paixão e de desfrutar da sorte que tive de poder viver profissionalmente daquilo que eu mais gosto, o hóquei em patins. Pouca gente tem a sorte que eu tive de me poder dedicar plenamente àquilo que eu mais gosto de fazer na vida", escreveu ainda Cabestany.

"E estou nervoso e ansioso, igual ou mais do que no primeiro dia que ao Porto cheguei, porque quero muito voltar à minha terra, preciso mesmo, preciso da família (muito), dos amigos, das ruas, das paisagens de sempre para poder recuperar a perspetiva e, de longe, desfrutar ainda mais das lembranças destes maravilhosos seis anos da minha vida", concluiu.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG