Futebol

Cafu não consegue escolher entre Portugal e Itália

Cafu não consegue escolher entre Portugal e Itália

O ex-futebolista internacional brasileiro lamentou que Portugal ou Itália, possíveis adversários no play-off europeu de acesso ao Mundial, falhem a presença no Catar, entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

"É difícil até falar entre Portugal e Itália qual ficará de fora, porque são duas seleções que queríamos ver no Campeonato do Mundo, no qual estão os melhores. O destino fez com que ambas se defrontassem antes da fase final. Não consigo distinguir qual é a melhor equipa ou quem irá ao Mundial. Queria que as duas estivessem presentes, mas uma vai ter de ficar de fora", referiu o ex-defesa, de 51 anos, em entrevista à agência Lusa.

Portugal e Turquia defrontam-se esta quinta-feira, a partir das 19:45 horas, no Estádio do Dragão, no Porto, em encontro das meias-finais do caminho C do play-off da zona europeia de acesso à fase final do campeonato do Mundo de 2022, com arbitragem do alemão Daniel Siebert.

O vencedor deste duelo vai receber, na terça-feira, no mesmo palco, a campeã europeia Itália ou a Macedónia do Norte, que também medem forças à mesma hora, em Palermo.

"Portugal corre o mesmo risco do que a Itália. Será 50/50 para os dois e um confronto atípico, caso se venham a defrontar na última eliminatória. São seleções acostumadas a jogar o Campeonato do Mundo. Se a Itália já venceu algumas vezes [1934, 1938, 1982 e 2006], Portugal procura o seu espaço", acrescentou Cafu, membro da Academia Laureus.

Marcos Evangelista de Morais, conhecido no mundo do futebol por Cafu, é recordista de internacionalizações pela seleção do Brasil, ao serviço da qual fez 142 partidas e cinco golos, bem como o único jogador a disputar três finais de Mundiais, tendo vencido as edições de 1994 e 2002.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG