Exclusivo

Câmara rejeita projeto do Sporting de Braga para o Estádio 1.º de Maio

Câmara rejeita projeto do Sporting de Braga para o Estádio 1.º de Maio

Clube quer voltar ao campo antigo e propôs reabilitação de 60 milhões. Município diz que a proposta não cumpre requisitos.

A divulgação pública de uma campanha do Sporting de Braga que reitera o desejo do clube em voltar a jogar no Estádio 1.º de Maio reabriu, na terça-feira, a discussão sobre o futuro do recinto desportivo, atualmente em estado de degradação. Os arsenalistas mostram um projeto de remodelação de 60 milhões de euros que entendem garantir "a preservação total do património". O presidente da Câmara, Ricardo Rio, revela que a proposta não tem luz verde da Direção-Geral do Património Cultural.

"O vídeo já tinha sido apresentado em dezembro do ano passado, em simultâneo com o projeto, e a situação mantém-se. Estamos disponíveis para falar com o Sporting de Braga no sentido de criarmos uma solução que possa viabilizar a utilização do estádio pelo clube, mas só cumprindo alguns requisitos", afirma o autarca ao JN, sublinhando que a proposta não respeita "a salvaguarda do edifício" nem "a manutenção de algumas utilizações públicas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG