Futebol

Camisola de Maradona deverá ser vendida por 4,8 milhões de euros

Camisola de Maradona deverá ser vendida por 4,8 milhões de euros

A camisola que Diego Maradona usou quando marcou os dois famosos golos nos quartos de final do Campeonato do Mundo de 1986 vai ser leiloada e espera-se que seja vendida por 4,8 milhões de euros.

No Campeonato do Mundo de 1986, no México, a Argentina venceu (2-1) a Inglaterra com dois golos de Diego Maradona. Um deles foi considerado o melhor golo do século XX e o outro, numa época em que tecnologia como o VAR estava ainda longe de aparecer no futebol, ficou conhecido como a "mão de Deus". Como contou "El Pibe" à BBC muito mais tarde, Steve Hodge chutou a bola na direção do guarda-redes inglês, Peter Shilton, e tanto o guardião como o jogador argentino saltaram em direção à bola. Vendo que não ia conseguir cabecear, Maradona utilizou a mão para marcar.

A camisola dez esteve os últimos 35 anos na posse de Steve Hodge, com quem o argentino trocou de camisola no final do encontro, e, agora, vai ser leiloada e espera-se que seja vendida por pelo menos quatro milhões de libras (o equivalente a cerca de 4,8 milhões de euros). "A camisola de Maradona teve uma importância cultural profunda para o futebol mundial, para o povo argentino e para o povo inglês. Foi um completo privilégio ter jogado contra um dos maiores e mais magníficos futebolistas de todos os tempos", afirmou Hodge ao "The Guardian".

Diego Maradona morreu no dia 25 de novembro de 2020, com 60 anos, vítima de paragem cardiorrespiratória na cidade de Tigre. O antigo jogador recuperava de uma intervenção cirúrgica a um coágulo no cérebro. O leilão da camisola número 10 que o astro usou no mítico jogo diante da Inglaterra - depois do triunfo, a Argentina acabou por conquistar o Mundial - tem início esta quarta-feira e termina a 4 de maio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG