O Jogo ao Vivo

Futebol

André Silva: "Venho motivado e confiante pela época que fiz"

André Silva: "Venho motivado e confiante pela época que fiz"

O avançado André Silva, do Eintracht Frankfurt, foi o primeiro jogador da seleção nacional a falar à comunicação social no dia da concentração da equipa na Cidade do Futebol, em Oeiras, esta quinta-feira, no arranque do estágio de preparação para o Euro2020, que se disputa de 11 de junho a 11 de julho em várias cidades europeias.

Embora ainda nem todos os jogadores se tenham apresentado às ordens de Fernando Santos - João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva vão disputar a final da Liga dos Campeões este sábado e só depois se juntam ao restante grupo - os que estão mostram-se prontos para ajudar Portugal.

"Acabámos de chegar, alguns ainda não tive oportunidade de cumprimentar, do staff também. Mas o ambiente é sempre bom, estou na seleção há mais ou menos cinco anos, sempre me senti bem e o ambiente é bom. A equipa está animada, motivada e pronta para os treinos", avançou o avançado, que esta temporada apontou 29 golos entre Liga alemã (28) e taça (1), em 34 jogos.

Uma média que o ponta de lança acha difícil manter na seleção. "Pela estatística que tenho na seleção é um bocado complicado, tenho 16 em 38, torna isso um bocado difícil. O que posso prometer é que venho motivado e confiante pela época que fiz, algo que me orgulho e que me traz ainda mais confiança e motivação para dar o melhor pela seleção", salientou o futebolista do Eintracht Frankfurt.

E continuou: "Esta época traz-me muita motivação e confiança, mostra-me que as fases, as boas ou más, me mostraram o que posso ser como jogador. Sinto que posso ajudar muito a seleção. A seleção tem grande qualidade, títulos por toda a parte, somos um conjunto muito forte, a união é o ponto mais forte desta seleção".

André Silva aponta o objetivo de todos: "Ganhar é o que queremos para atingirmos os objetivos. Na seleção todos trabalhamos para o mesmo".

Apesar da boa época, o avançado deixa para o selecionador nacional a decisão de qual será a dupla atacante na qual apostará. "Temos todos de respeitar a opinião do mister Fernando Santos, todos trabalhamos para o mesmo, para objetivo da seleção, que é ganhar. O resto faz parte das escolhas. É verdade que, pelos números, a época em conjunto que eu e Cristiano fizemos é enorme, sentimo-nos motivados, mas o futebol é o momento e o importante é pegar nessa força e trazermos para a seleção", anotou, para logo acrescentar: "Prometo trabalho, dedicação e disciplina em nome da equipa".

PUB

Ser o atual detentor do título europeu, segundo o jogador "traz mais responsabilidades para a equipa", por um lado, mas por outro "dá também mais confiança". "Somos os campeões europeus e isso é motivo de um grande orgulho, mas estamos focados nas dificuldades que vamos ter pela frente".

André Silva foi questionado sobre a mais recente polémica que envolve Cristiano Ronaldo, mas respondeu apenas que "as questões pessoais só lhe dizem respeito a ele", salientando, no entanto, que o capitão "está sempre preparado para qualquer desafio e está focado na seleção".

Portugal está no denominado "grupo da morte", contudo, em vez de se mostrar receoso, o jogador do Eintracht Frankfurt realçou que conseguem "desfrutar melhor de jogos complicados e que acarretam dificuldades, pois trazem o melhor dos jogadores". "Sabemos do que somos capazes, temos qualidade, mas temos de demonstrá-lo",

Certo é que André Silva afirma estar no melhor momento da carreira "a nível físico e mental". "Sinto-me capaz de ajudar mais a seleção neste momento. A nível pessoal houve um crescimento e amadurecimento grandes, tornei-me melhor pessoa e jogador para ajudar o grupo e a seleção"

Na sexta-feira, pelas 10.30 horas, a equipa das quinas volta a treinar na Cidade do Futebol.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG