Euro 2020

Autarca de Munique quer o estádio da cidade iluminado com as cores LGBTQ+

Autarca de Munique quer o estádio da cidade iluminado com as cores LGBTQ+

Numa demonstração de apoio à comunidade LGBTQ+, no mês do orgulho gay, o presidente da câmara de Munique, Dieter Reiter, vai pedir autorização à UEFA para que o estádio da cidade seja iluminado com as cores do arco-íris, no jogo desta quarta-feira entre a Alemanha e Hungria.

Este pedido surge como demonstração de apoio à comunidade LGBTQ+ em todo o mundo, mas sobretudo na Hungria, onde na semana passada foi aprovada uma lei que proíbe a "promoção" da homossexualidade em todo o país.

O capitão da seleção alemã, Manuel Neuer, tem vindo a utilizar a bandeira desta comunidade na braçadeira de jogo. A UEFA chegou a abrir uma investigação, mas rapidamente a fechou, tendo comunicado à Federação Alemã de Futebol que esta braçadeira foi utilizada por bons motivos e servia como apoio à diversidade, logo Neuer não iria enfrentar sanções disciplinares.

O tema da comunidade LGBTQ+ tem sido muito debatido neste Euro e nem sempre pelas melhores razões. No jogo em casa da Hungria, frente a Portugal, foi visto um cartaz com uma mensagem homofóbica e Cristiano Ronaldo foi chamado de homossexual por alguns adeptos. A Hungria deverá mostrar-se contra esta proposta de iluminação do estádio, argumentando que é uma mensagem de cariz político.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG