Futebol

Checos empatam com croatas e ficam próximos dos "oitavos"

Checos empatam com croatas e ficam próximos dos "oitavos"

A Croácia e a República Checa empataram, esta sexta-feira, a uma bola, na segunda jornada do Grupo D do Euro2020, numa partida disputada em Glasgow, na Escócia, um desfecho que deixa os checos bem posicionados para chegarem aos oitavos de final.

Os checos gostaram do empate em Hampten Park, que os deixa na frente do Grupo D - pelo menos até ao fim do Inglaterra-Escócia - e em boa posição para a passagem para a fase de eliminação direta.

Sem jogar mal, a Croácia sabe que terá de colocar todas as fichas contra a Escócia. Nada que pareça muito complicado, já que a seleção de Modric dá sinais de que está a melhorar a qualidade do jogo.

O terceiro golo na prova de Patrik Schick, aos 37 minutos, de penálti, deu vantagem aos checos, enquanto Ivan Perisic apontou, aos 47, o tento dos croatas, para um resultado justo, em que ainda assim foram os croatas que mais procuraram 'resolver' o jogo na segunda parte.

Com os dois golos apontados à Escócia, Schick é o primeiro jogador neste Euro a chegar aos três tentos.

O golo checo apareceu com alguma lógica de jogo, numa fase em que o ascendente era deles, mas até lá apenas com uma jogada interessante, aos 18 minutos, que Schick não conseguiu finalizar.

Foi necessário recorrer ao VAR para perceber uma cotovelada de Dejan Lovren na face de Schick, em disputa aérea. Quando viu o lance, o espanhol Carlos Del Cerro não hesitou, marcou penálti e mostrou cartão amarelo ao croata.

PUB

Veja o golo de Schick (0-1):

Não perdeu tempo a Croácia e logo de seguida quase empatou por Ante Rebic, lançado por Josip Brekalo, mas o avançado do AC Milan, que estava isolado, falhou no remate.

Recomeçou bem para a Croácia a partida, que cedo marcou, graças a um esforço individual de Perisic. O jogador do Inter entrou pela esquerda e rematou seco e colocado, fora do alcance de Vaclik.

Veja o golo de Perisic (1-1):

À medida que o tempo avançava era notório que as duas equipas não tinham grande vontade em arriscar o ponto que tinham, mas eram os croatas que melhor rendiam no esquema de jogo mais lento, com ações perigosas de Nikola Vlasic (72) e Bruno Petkovic (89), duas apostas saídas do banco.

A República Checa soma, agora, quatro pontos no Grupo D, mais um do que a Inglaterra, que esta noite de sexta-feira (20 horas) defronta a Escócia, que não tem nenhum. A Croácia tem apenas um ponto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG