Futebol

UEFA recusa recurso e Kudela é baixa nos checos para o Euro2020

UEFA recusa recurso e Kudela é baixa nos checos para o Euro2020

O recurso do defesa Ondrej Kudela, do Slavia de Praga, à suspensão por racismo foi recusado, esta quarta-feira, pela UEFA e o jogador não vai poder jogar no Euro2020 pela República Checa.

Segundo o Comité Disciplinar do organismo que tutela o futebol europeu, "a decisão tomada a 14 de abril" na primeira instância vai manter-se, deixando o defesa de fora de 10 jogos europeus, "por clube e seleção", pode ler-se na nota de imprensa.

O melhor defesa do ano na Liga checa, segundo a eleição de segunda-feira, foi condenado por ter sussurrado um insulto racista ao médio finlandês do Rangers Glen Kamara, quando o Slavia eliminou os escoceses da Liga Europa.

Kamara, que foi suspenso por três jogos por agredir o defesa de 34 anos no túnel, após o jogo, denunciou o caso, que se tornou político na República Checa, com o chefe de gabinete do presidente a criticar a UEFA.

Kudela perdeu dois jogos com o Arsenal, nos quartos de final da Liga Europa, e vai falhar o Euro2020, em que os checos medem forças com Inglaterra, Escócia e Croácia na fase de grupos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG