Exclusivo

À boleia desde Lisboa para dar força a Ronaldo

À boleia desde Lisboa para dar força a Ronaldo

Grupo de quatro portugueses chegou a Doha após 49 dias em viagem por 15 países e assiste hoje ao vivo ao encontro da seleção nacional. Passagem pela Arábia Saudita foi marcante. Foram recebidos com banquetes e como reis em quintas no Interior. Situação complexa no Irão, devido a problemas civis, obrigou o grupo a viajar de avião para Amã.

Uma aventura extraordinária. Quatro rapazes portugueses fizeram oito mil quilómetros à boleia durante 49 dias com um orçamento diário de 100 euros, dividido por todos, desde Lisboa até Doha, a sede do Campeonato do Mundo. Com uma média de idades de 25 anos, o grupo passou por 15 países com apenas um só objetivo. "Fizemos tudo isto para desejar boa sorte a Cristiano Ronaldo e puxá-lo para cima depois desta fase mais complicada com o Manchester United. Agora o nosso objetivo é conhecê-lo", afirmou Bruno Carvalho ao JN.

Durante o percurso, o grupo apanhou mais de 80 boleias e um dos países que surpreenderam foi o último antes da chegada ao Catar. "A Arábia Saudita foi uma experiência muito positiva. Não tínhamos grandes expectativas, mas a hospitalidade do país foi incrível. Do nada as pessoas convidavam-nos para ir às suas quintas e recebiam-nos como reis, com banquetes", contam. As experiências foram únicas. "Numa quinta, deram-nos a oportunidade de estar com os seus animais, noutra andámos a cavalo e tirámos leite a camelas. Deram-nos hospedagem gratuita, ninguém estava à espera, foi uma surpresa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG