Futebol

Depois de pedir para sair, Ronaldo não regressou aos treinos do United

Eduardo Pedrosa Costa

Cristiano Ronaldo falhou o treino devido a motivos familiares

Foto Glyn Kirk / Afp

Avançado português estará descontente com a falta de contratações dos "red devils".

Cristiano Ronaldo não regressou aos treinos do Manchester United na manhã desta segunda-feira, como estaria previsto. Segundo a imprensa inglesa, o avançado está ausente por "motivos familiares" e vai começar o trabalho junto aos colegas de equipa mais tarde. Esta ausência tem mais impacto do que poderia ser normal, visto que Ronaldo terá pedido para sair dos "red devils" caso surja uma proposta apelativa.

O capitão da seleção nacional estará descontente com a falta de contratações e não sente a ambição no clube em se reforçar, no sentido de ter uma equipa mais competitiva para lutar por títulos. Ronaldo aprecia o novo treinador Erik ten Hag, mas sente que o Manchester United já devia ter contratado alguns jogadores, visto que a pré-época já começou e ainda não há novidades no plantel, apesar das várias saídas.

Jorge Mendes estará agora em conversações com vários clubes para encontrar a melhor solução para Cristiano. O Manchester United não pretende vender o jogador de 37 anos, que é visto como uma peça essencial para a próxima temporada.

Relacionadas