Futebol

Cristiano Ronaldo arrastado na crise do Manchester United

Cristiano Ronaldo arrastado na crise do Manchester United

Clube inglês vai para a terceira época seguida sem conquistar um título, o pior registo das últimas quatro décadas e que trava uma série de 12 temporadas do avançado português sempre a ganhar troféus.

O Manchester United passa pela maior seca de títulos dos últimos 40 anos, que apanhou Cristiano Ronaldo por tabela. É que o internacional português vai interromper, esta época, uma série de 12 temporadas consecutivas a somar troféus pelos clubes por onde passou.

A saída de cena na Liga dos Campeões, nos oitavos de final, diante do Atlético de Madrid, fez os "red devils" baterem de frente com uma dura realidade. Desde a década de 1970, o United nunca tinha estado três épocas seguidas sem conquistar um título, registo que vai quebrar em 2021/2022.

Afastado das taças domésticas e das competições europeias, os encarnados seguem no 5.º lugar da Premier League, a 20 pontos de distância do líder, o rival Manchester City, não se colocando sequer a hipótese de que se possa vir a intrometer nessa corrida.

O último título festejado pelo United teve dedo de José Mourinho, técnico que conduziu os britânicos à vitória na Liga Europa, em 2017, ano em que também conquistaram a Taça da Liga inglesa.

O colosso de Manchester passa por tempos difíceis, que nem Cristiano Ronaldo, regressado no início desta época a Old Trafford, conseguiu melhorar. O maior goleador da história do futebol mundial vinha de 17 épocas sempre a ganhar títulos, série que verá interrompida este ano. A última vez que tal tinha sucedido foi em 2009/2010, no Real Madrid.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG