Pessoas

Cristiano Ronaldo delega negócios a Georgina

Cristiano Ronaldo delega negócios a Georgina

Investir os milhões que ganha a jogar futebol é, há muito, a estratégia de Cristiano Ronaldo fora do campo e a prova é que se prepararam para inaugurar, a 18 de março, a primeira clínica de implantes capilares em Madrid, Espanha.

Uma aposta do grupo Insparya, do qual o craque é cofundandor em sociedade com Paulo Ramos, o CEO do grupo "Saúde Viável", com um capital social de 200 mil euros (50% detido pelo jogador).

"Além do futebol, sou apaixonado por saúde, tecnologia e investigação e são áreas em que queria investir. Quis que a primeira clínica, de expansão internacional, se localizasse em Madrid, a cidade em que morei muitos anos", frisou em comunicado.

Para este ano, é estimado um lucro de um milhão de euros, mas a expetativa a longo prazo, com a expansão internacional nos próximos três a quatro anos, prevê um encaixe de 25 milhões. Com transplantes a partir dos quatro mil euros, o espaço pioneiro (com 2500 m2, divididos por seis pisos, empregará 150 profissionais) pode realizar uma média de 18 por dia.

Com outras preocupações e uma agenda que nem sempre lhe permite viajar, CR7 nomeou Georgina Rodríguez como administradora comum da sociedade limitada. Ou seja, a namorada, de 25 anos, não poderá tomar decisões ou até mesmo assinar documentos e, por isso, foi a dois que o casal esteve no início desta semana em Madrid, seguindo depois para Lisboa, onde o avançado da Juventus fez questão de visitar o amigo e o empresário Olivier da Costa no restaurante Guilty, onde ainda se cruzou com o cantor brasileiro Kevinho