Futebol

Cristiano Ronaldo é o primeiro "rei" dos golos em três dos cinco grandes campeonatos

Cristiano Ronaldo é o primeiro "rei" dos golos em três dos cinco grandes campeonatos

Cristiano Ronaldo tornou-se, este domingo, no primeiro futebolista a vencer o troféu de melhor marcador em três dos cinco principais campeonatos europeus, repetindo em Itália o que já conseguira em Inglaterra e Espanha.

Depois de ter sido o quarto em 2018/19, com 21 golos, e o segundo na época passada, com 31, apenas atrás do Bota de Ouro Ciro Immobile (Lazio), Ronaldo bateu desta vez toda a concorrência, vencendo com 39 golos, em 33 encontros.

Assim, o capitão da seleção lusa replica o que tinha conseguido uma vez no campeonato inglês (2007/08), em seis temporadas no Manchester United, e três no espanhol (2010/11, 2013/14 e 2014/15), em nove épocas ao serviço do Real Madrid.

Curioso é o facto de, excetuando o primeiro troféu de melhor marcador, na Premier League, há 13 anos, Cristiano Ronaldo nunca mais ter conseguido acumular esse prémio com a vitória coletiva no respetivo campeonato. Esta época foi apenas quarto.

O primeiro título de melhor marcador conseguiu-o com 31 golos - mais sete do que o espanhol Fernando Torres (Liverpool) e o togolês Emmanuel Adebayor (Arsenal) -, registo que lhe valeu também a sua primeira Bota de Ouro.

Em Espanha, os três "pichichis" também lhe valeram outros tantos troféus de melhor marcador de todos os campeões europeus, com 41 golos em 2010/11, 31 em 2013/14 e 48 em 2014/15.

Na Liga espanhola de 2010/11, somou mais 10 tentos do que o argentino Lionel Messi, e, em 2013/14, bateu por três o jogador do Barcelona e, na Bota de Ouro, ficou empatado com o uruguaio Luis Suárez (Liverpool).

PUB

A última vez em que se tinha sagrado melhor marcador de um campeonato, em 2014/15, há seis anos, voltou a ser secundado pelo internacional 'albi celeste', ao qual não chegaram 43 golos.

Além de Cristiano Ronaldo, mais quatro jogadores conseguiram sagrar-se rei dos marcadores em dois dos cinco principais campeonatos, numa lista em que se destacam Luis Suárez e o holandês Ruud van Nistelrooy.

Suárez (2013/14, pelo Liverpool, e 2015/16, pelo Barcelona) e Van Nistelrooy (2002/03, pelo Manchester United, e 2006/07, pelo Real Madrid) 'reinaram' em Inglaterra e Espanha e também no menos mediático campeonato dos Países Baixos, o uruguaio em 2009/10 (Ajax) e o holandês em 1998/99 e 1999/00 (PSV Eindhoven).

Também 'mandaram' em dois 'grandes' Zlatan Ibrahimovic, em Itália (Inter em 2008/09 e AC Milan em 2011/12) e França (Paris Saint-Germain em 2012/13, 2013/14 e 2015/16) e Edin Dzeko, na Alemanha (Wolfsburgo, em 2009/10) e em Itália (Roma, em 2016/17).

O sueco passou também por Espanha ( Barcelona) e Inglaterra (Manchester United), mas não conseguiu repetir o feito, enquanto o bósnio jogou, como Ibra, na Premier League.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG