Entrevista

Ronaldo recorda mulheres que lhe davam sobras: "Quero encontrá-las"

Ronaldo recorda mulheres que lhe davam sobras: "Quero encontrá-las"

Cristiano Ronaldo recordou, em entrevista à televisão britânica ITV, alguns tempos difíceis que viveu e deixa elogios a Lionel Messi, realçando: "Tenho de ter cinco, seis ou sete bolas de ouro. Mais do que ele".

O jogador português é dono de uma grande fortuna e um dos desportistas mais bem-sucedidos de sempre, mas não esquece os tempos difíceis que viveu antes de chegar ao topo. Em entrevista à ITV, o craque português recordou alguns momentos que passou devido às dificuldades económicas.

"Quando era miúdo, com uns 12 anos, não tinha dinheiro. E vivia com outros jovens jogadores provenientes de outras zonas do país. Era um período complicado, sem a família por perto. Às 10/ 11 horas, tínhamos fome e havia um McDonald's por perto. Pedíamos os hambúrgueres que sobravam a uma senhora chamada Edna e a mais outras duas raparigas. Elas davam aquilo que sobrava. Espero que esta entrevista ajude a encontrá-las. Queria convidá-las a jantar comigo, em Turim ou em Lisboa. Quero poder devolver aquilo que fizeram por mim. Nunca me esqueci desse momento", começou por dizer.

O capitão da seleção nacional passou nove anos no Real Madrid e, juntamente com Messi, protagonizou uma rivalidade que dura há mais de uma década. Cristiano Ronaldo elogiou a carreira do argentino, mas considera que merece mais bolas de ouro.

"Não somos amigos de casa, mas partilhamos o palco há 15 anos. Tenho uma boa relação com ele e sei que ele faz com que eu me torne melhor. E vice-versa. O recorde que eu mais queria era o de maior número de Bolas de Ouro. E acho que mereço. Como já disse, o Messi é fantástico e está na história do futebol, mas acho que tenho de ter cinco, seis ou sete bolas de ouro. Mais do que ele. O meu valor? Não sei quanto posso valer, mas sei que tenho muito dinheiro no banco. Se calhar não devo dizer isso, mas é verdade e não posso esquecer. Se tenho 17 carros, não vou dizer que tenho dois", atirou.