Premium

Ronaldo culpa outro por lesões de modelo norte-americana

Ronaldo culpa outro por lesões de modelo norte-americana

Cristiano Ronaldo admite que manteve relações sexuais com Kathryn Mayorga, mas nega que tenha feito sexo anal com a norte-americana, no quarto de um hotel de Las Vegas, em junho de 2009. Alega, inclusive, que as lesões sofridas por Mayorga, e que foram identificadas num exame forense efetuado nos dias seguintes ao encontro entre os dois, foram provocadas por outra pessoa.

Esta posição de CR7 está expressa na queixa apresentada a 20 de setembro deste ano pela ex-modelo, agora com 34 anos. Nesse documento consultado pelo JN, os advogados da norte-americana referem que, em respostas escritas enviadas à sua equipa de defensores, o jogador da Juventus assume que concretizou relações sexuais com Kathryn Mayorga quando esta estava "deitada na cama" de um dos quartos do The Palms Place Casino Resort. Mas refuta que a tenha sodomizado e garante que as lesões anais sofridas pela jovem foram infligidas por "outra pessoa" após o ato sexual entre ambos.