Exclusivo

"Todos temos os nossos momentos", reage Paulo Dentinho

"Todos temos os nossos momentos", reage Paulo Dentinho

O diretor de Informação da RTP, Paulo Dentinho, disse esta sexta-feira estar "perplexo pelas proporções" criadas por um post, publicado na quinta-feira na sua página pessoal do Facebook.

Em declarações ao JN, Paulo Dentinho explicou que estava a preparar um programa sobre o primeiro aniversário do movimento feminista "#MeToo" (a ser exibido no sábado pelas 11 horas, na RTP3) quando, lembrando o relato de uma vítima de violação, decidiu, "num momento", escrever um post sobre as mulheres violadas e a maneira como são tratadas.

"Pouco depois, voltei a lê-lo e percebi que tinha escrito com uma linguagem muito forte. Lembrei-me das minhas filhas. Nunca pensei no Cristiano e decidi apagar o post", afirmou o diretor de Informação. A publicação foi, entretanto, copiada por várias pessoas, entre as quais Manuela Brandão, a assessora de imprensa da Gestifute (empresa que representa o jogador).

Paulo Dentinho questiona a legitimidade sobre a publicação do seu post, quando este estava na sua página pessoal. "Fiquei perplexo pelas proporções que isto tomou... não quero falar mais sobre isso. Foi um momento. E todos temos os nossos momentos", refere o jornalista, anunciando que pretende sair do Facebook. Diz também que, ao contrário do que chegou a circular nesta rede social, não há nenhum inquérito a decorrer "nem sequer mau-estar" na estação pública.