Futebol

Juventus diz que CR7 merecia Bola de Ouro e imprensa fala em "guerra"

Juventus diz que CR7 merecia Bola de Ouro e imprensa fala em "guerra"

A atribuição da Bola de Ouro a Lionel Messi continua a dar que falar. A imprensa italiana fala de uma "guerra" entra a Juventus e o Real Madrid e um dirigente da equipa de Turim considerou que o craque português merecia o troféu este ano e no ano passado.

Lionel Messi conquistou, na segunda-feira, a sexta Bola de Ouro da carreira, ultrapassando Cristiano Ronaldo, que conta com cinco troféus. A vitória do jogador argentino, que em setembro já havia vencido o "The Best", prémio que distingue o melhor jogador do mundo, continua a causar alvoroço. Em Itália, a "Gazzeta dello Sport" faz manchete com o tema: "guerra estrelar por Cristiano: a Juve ataca o Real Madrid".

Na mesma publicação, Fabio Paratici, diretor desportivo do clube de Turim, considera que o craque português merecia ter vencido a Bola de Ouro e que clubes como o Real Madrid e o Barcelona têm "grande peso".

"É difícil dizer que roubaram uma Bola de Ouro a Cristiano Ronaldo, mas não há dúvida de que certos clubes, como Real Madrid e Barcelona, têm um grande peso. Achamos que ele merecia vencer este ano, quanto mais na época passada, em que marcou 15 golos na Liga dos Campeões, dos quais seis dos oitavos de final em diante", afirmou.

Chiellini, central da Juventus, foi o primeiro a reagir à vitória do argentino. À Sky, na segunda-feira, o central da equipa de Turim afirmou que a escolha era "difícil" e que a atribuição da Bola de Ouro a Luca Modric, em 2018, foi... um roubo.

"O roubo foi o ano passado. O Real Madrid não o deixou ganhar. Isso foi óbvio. O Modric nem estava no seu melhor... Já este ano era complicado com Ronaldo, Messi e Van Dijk. É quase como escolher entre Federer, Nadal e Djokovic", atirou.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG