O Jogo ao Vivo

Inglaterra

Mãe de adepto autista do Everton contente com castigo de Ronaldo

Mãe de adepto autista do Everton contente com castigo de Ronaldo

A mãe do menino autista a quem Cristiano Ronaldo partiu o telemóvel afirmou, esta quarta-feira, estar "satisfeita" com o castigo aplicado ao internacional português.

"Congratulo-me por ele ter sido multado. A decisão demorou a chegar, mas a federação ligou-me para informar em primeira mão que ele tinha sido suspenso e multado. Seria simpático darem as 50 mil libras a uma instituição de caridade, talvez uma de apoio a crianças autistas. Mas deviam ter tomado uma posição contra ele há muito tempo. Isto aconteceu em abril. Tenho sido alvos de ataques online por ter levado isto para a frente. Não recebi qualquer pedido de desculpa da parte do Manchester United. Nem tentaram contactar-me", afirmou Sarah Kelly em declarações ao jornal "Mirror".

O internacional português Cristiano Ronaldo foi castigado com dois jogos de suspensão pela federação inglesa de futebol devido a "conduta imprópria", divulgou, nesta quarta-feira, o site oficial do organismo.

PUB

A decisão de suspender CR7 está relacionada com o episódio que ocorreu em abril deste ano, no jogo do Manchester United em Goodison Park. Ao dirigir-se para o túnel de acesso aos balneários do recinto, Cristiano Ronaldo atirou o telemóvel de um jovem adepto do Everton ao chão e partiu-o. O futebolista português pediu, depois, desculpas ao apoiante do Everton, mas isso não o livrou da aplicação do castigo.

Segundo a publicação britânica, Ronaldo terá de pagar uma multa a rondar os 58 mil euros. Recorde-se que o futebolista internacional português vai deixar o Manchester United "com efeitos imediatos" e por acordo mútuo, como anunciou, nesta terça-feira, o clube inglês, na sequência de uma entrevista em que o avançado disse sentir-se "traído" e desrespeitado. O castigo a CR7 terá de ser respeitado, se Ronaldo vier a representar outra equipa inglesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG