Futebol

O trio favorito de Fernando Santos na Liga das Nações

O trio favorito de Fernando Santos na Liga das Nações

Pepe, Danilo Pereira e João Cancelo acumularam 360 minutos, na reta final da temporada, ao serviço da seleção lusa. No polo oposto há um quarteto que não alinhou um minuto sequer, nesta sequência de desafios.

Pepe, Danilo Pereira e João Cancelo foram utilizados a tempo inteiro, pelo selecionador português Fernando Santos, nos quatro jogos disputados na fase de grupos da Liga das Nações de futebol.

Apesar da fase adiantada da época, o técnico luso não prescindiu do futebolista mais velho (o defesa Pepe, de 39 anos), de um médio adaptado a central (Danilo Pereira) e de um lateral dos mais desgastados ao longo da época (João Cancelo, com 4622 minutos nas pernas, em 52 jogos pelo Manchester City).

PUB

Já Rúben Neves (293 minutos), Bruno Fernandes (244), Bernardo Silva (209) e Rafael Leão (156), que também participaram em todos os jogos, não o fizeram de forma completa, registando, até, significativas oscilações, nos números finais.

Realce, ainda, para um quarteto que fez dois jogos completos e nos outros dois não alinhou. Foi o caso protagonizado por Nuno Mendes, Raphael Guerreiro, Rui Patrício e Diogo Costa.

Cristiano Ronaldo, capitão e principal estrela da equipa das quinas, jogou em três partidas (total de 208 minutos), tendo sido dispensado do último encontro, com a Suíça, que ditou a única derrota (0-1) até ao momento, nesta competição.

Entre os 26 jogadores chamados por Fernando Santos houve quatro que nem sequer alinharam um minuto: Rui Silva, David Carmo, Diogo Dalot e Domingos Duarte. No caso de David Carmo tal significa que continua sem se estrear pela seleção. Rui Silva tem uma internacionalização, Domingos Duarte tem três e Diogo Dalot cinco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG