Desporto

Canelas fala em cabala após boicote de 12 clubes

Canelas fala em cabala após boicote de 12 clubes

Marcada reunião para sexta-feira com todos os clubes na AF Porto.

O Canelas reagiu, esta noite, em conferência de Imprensa ao anunciado boicote de 12 clubes aos seus jogos na Divisão d'Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP).

O presidente Bruno Canastro falou em "cabala contra o Canelas" e Fernando Madureira, líder dos SuperDragões e avançado do clube, apontou "motivações políticas" na decisão dos rivais. Foi anunciada para quarta-feira uma reunião com todos os clubes na sede da AFP.

"A AF Porto marcou uma reunião com todos os clubes para amanhã, ao fim do dia, com o objetivo de repor a normalidade desportiva e da competição. Uma reunião que peca por tardia, mas espero que venha a agradar a todos. Isto é uma cabala contra o Canelas", afirmou Bruno Canastro, no encontro com os jornalista, no estádio do clube gaiense.

PUB

Já Fernando Madureira, avançado do Canelas e rosto máximo dos SuperDragões, apelou à reconsideração por parte dos jogadores dos clubes adversários e apontou razões extradesportivas para o boicote.

"Há motivações políticas por detrás disto. Apelo aos jogadores que venham jogar e dignificar o futebol. O futebol não se deve deixar envolver em polémicas políticas. Esta decisão tem motivações políticas", afirmou Fernando Madureira.

Outras Notícias