Futebol

Capitão Afonso Figueiredo deixa o Aves

Capitão Afonso Figueiredo deixa o Aves

O defesa Afonso Figueiredo despediu-se do Desportivo das Aves, sem justificar os motivos para a quebra do vínculo extensível até junho de 2022, anunciou o jogador nas redes sociais.

"Difícil, muito difícil arranjar palavras para descrever toda esta época. A nossa aventura foi curta, mas de uma intensidade gigante. Obrigado a todos os avenses que desde o primeiro dia me fizeram sentir em casa. Saio de consciência tranquila e fiz sempre de tudo pelo melhor do clube", lê-se numa nota publicada pelo jogador nas redes sociais.

Afonso Figueiredo, de 27 anos, chegou à Vila das Aves há um ano, oriundo do Rio Ave, tendo cumprido 22 encontros pelo emblema do concelho de Santo Tirso, que terminou a Liga na 18.ª e última posição, com 17 pontos, outros tantos abaixo da zona de salvação, e aguarda pela certificação da inscrição nos campeonatos profissionais.

"Que orgulho tive em poder ser capitão deste clube feita de gente de trabalho, genuína e com uma paixão enorme. Nunca me irei esquecer de vocês, vou guardar todas as recordações boas que aqui tive para sempre e, aconteça o que acontecer, serei sempre mais um a torcer pelo sucesso do Desportivo das Aves", acrescenta.

A administração do chinês Wei Zhao acumula três meses seguidos de salários em atraso, responsáveis por 10 rescisões unilaterais de atletas no decurso da Liga, apesar de o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol ter arquivado dois processos associados às dívidas entre dezembro de 2019 e fevereiro de 2020 e de março a abril.

"Um agradecimento a todos os meus colegas e treinador que, com dificuldades inexplicáveis, tudo fizeram para acabar a época a favor da verdade desportiva e pelo respeito ao clube, bem como a todos aqueles que não conseguiram acabar a época", termina o lateral esquerdo formado entre Sporting, Belenenses e S. C. Braga.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG