Futebol

Carlos Carvalhal vai pedir demissão: "O que é que eu estou aqui a fazer?"

Carlos Carvalhal vai pedir demissão: "O que é que eu estou aqui a fazer?"

Depois da derrota frente ao Gil Vicente, que ditou o adeus do Rio Ave à Taça da Liga, Carlos Carvalhal, treinador dos vila-condenses afirmou que vai pedir a demissão do comando técnico. "Não preciso de ganhar dinheiro assim", disse.

A depender apenas de si para garantir o apuramento à final four da Taça da Liga, o Rio Ave perdeu (0-1), este sábado em Vila do Conde, frente ao já eliminado Gil Vicente, e disse adeus à Taça da Liga. Após o apito final, Carlos Carvalhal afirmou que vai pedir uma reunião com o presidente do clube e pedir a demissão.

"Sou uma pessoa séria e coerente, vou pedir uma reunião com o presidente e vou pedir a minha demissão. Isto não é o meu futebol, o meu futebol, o meu jogo. A decisão é de hoje. Ando a trabalhar arduamente para conseguir resultados para o Rio Ave. A minha pergunta é: o que é que eu estou aqui a fazer? Não estou aqui a fazer nada. Eu não quero isto para a minha vida. Isto não é a quente, é aquilo que eu acho. Se eu estou a trabalhar para ter objetivos e não consigo, porque não consigo controlar, eu não ando aqui a fazer nada. Mais uma vez, eu não falo de arbitragens. Mas andamos a mentir uns aos outros, é o VAR, é não sei o quê, então eu tenho o direito de não querer isto. Não preciso de ganhar dinheiro assim", disse.

O Sporting, que venceu o Portimonense em Portimão, foi a equipa do grupo C a garantir o apuramento.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG