Marítimo

Carlos Pereira diz que Benfica está disponível para jogar na Madeira

Carlos Pereira diz que Benfica está disponível para jogar na Madeira

Carlos Pereira, presidente do Marítimo, afirmou esta sexta-feira que o Benfica se disponibilizou para jogar na Madeira, tal como o V. Setúbal, em partidas da Liga por disputar da época 2019/20.

"Foi-me transmitido pelo presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e publicamente pelo presidente do V. Setúbal que não havia nenhuma razão para que o Marítimo não jogasse na sua própria casa e que não encaravam como obstáculo vir jogar à Madeira. Isto é que é uma solidariedade nacional. Espero que os outros tenham a mesma compreensão e que a Liga e a Federação tenham essa compreensão", afirmou à RTP-Madeira.

A possibilidade de impugnação, avançada pelo diretor-desportivo, Briguel, na quinta-feira, caso o Marítimo tivesse de jogar os jogos que tem como visitado no continente, foi colocada de parte, por agora.

"Neste momento, penso que é radical. O que foi transmitido pelo nosso diretor do departamento de futebol tem muito que ver com o passado, em que era quase radical a participação do Marítimo na região na sua infraestrutura. Hoje, penso que está um pouco ultrapassado e que as coisas estão mais compreendidas e muito mais aceitáveis do que foi a posição inicial", considerou o dirigente verde-rubro.

Carlos Pereira voltou a defender que o Estádio do Marítimo, de nível 1, cuja vistoria está por realizar, de acordo com o secretário regional madeirense da Saúde, Pedro Ramos, tem as condições necessárias para continuar de serviço esta temporada.

"Tem balneários de bom nível e com a dimensão que a Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda. Dois no lado nascente e dois no lado poente. Há uma grande separação e ventilação. Responde a todos os requisitos do caderno de encargos e ao protocolo exigido pela DGS, que o Marítimo ainda supera todos esses requisitos", descreveu.

Outras Notícias