Futebol

Carvalhal: "Estou muito satisfeito com a equipa"

Carvalhal: "Estou muito satisfeito com a equipa"

Carlos Carvalhal, treinador do S. C. Braga, elogiou a exibição da equipa na vitória frente ao Estoril, em jogo dos quartos de final da Taça da Liga, que lhe garantiu um lugar nas meias-finais.

"Quero dar mais uma vez os parabéns aos nossos jogadores, que foram bravos, contra uma equipa bem organizada. Preparámos bem o jogo. Sabíamos que o Estoril constrói muito bem a partir de trás, não permitimos muito isso, fizemos uma boa pressão na frente. De uma assentada tivemos três oportunidades para marcar, não conseguimos, terminámos a primeira parte a vencer 1-0", começou por referir o técnico arsenalistas, continuando sobre a análise ao jogo: "Entrámos fortes na segunda parte, a intenção era fazer o segundo golo, o Fransérgio tem uma bola à barra, um golo cantado. Podíamos ter feito aí, acabámos por fazê-lo [depois], contra um adversário que tem qualidade. O Estoril fez o 2-1, e fiz uma coisa que não é muito comum fazer este ano: tive de pôr mais um médio para equilibrar o meio campo. É o maior elogio que posso fazer ao Estoril. A partir dessa altura o jogo equilibrou-se e partimos para criar mais situações. Acho que somos um justo vencedor contra um adversário muito valioso".

Carlos Carvalhal salientou o percurso do grupo ao longo da época. "Estou muito satisfeito com a equipa, muito satisfeito com os jogadores. Estamos bem posicionados no campeonato, seguimos em frente na Taça de Portugal, fizemos um percurso brilhante na Liga Europa e nesta competição vamos à final four. Melhor só na feira de Espinho", realçou.

E prosseguiu: "Há um dado importante: conseguimos fazer mais três golos. Vamos com uma média de golos absolutamente fantástica, vi nas estatísticas que tínhamos a melhor produtividade desde há 76 anos no Braga. A equipa está equilibrada, é uma equipa ofensiva, que cria oportunidades, que faz golos, quando tem de defender, defende e sabe defender, sabe jogar em contra-ataque, é muito letal a fazer isso."

Sobre a final four ser disputada pelas quatro melhores equipas portuguesas, o treinador do S. C. Braga prefiriu abordar o próximo adversário. "Neste momento o mais importante é preparar o jogo com o Rio Ave, não podemos perder o foco do próximo jogo, depois temos tempo para abordar esse. O importante é o próximo jogo e ir para casa fazer umas compotazinhas para dar aos vizinhos agora no Natal", finalizou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG