S. C. Braga

Carvalhal: "O resultado acaba por se avolumar pela qualidade do adversário"

Carvalhal: "O resultado acaba por se avolumar pela qualidade do adversário"

O treinador do Braga, Carlos Carvalhal, mostrou-se resignado com a goleada sofrida frente a "um adversário forte" como é o caso dos ingleses do Leicester, esta noite de quinta-feira, em Inglaterra, na terceira jornada do Grupo G da fase de grupos da Liga Europa.

"Primeira parte mais equilibrada, discutimos o jogo, fomos criando uma ou outra situação, tal como o adversário. A intenção na segunda parte era inverter o resultado. Vimos de uma sequência muito grande de jogos, de três em três dias, com viagens e a jogar com nove jogadores, jogos de elevada intensidade. Mas uma equipa que está neste estado e sofre o 2-0 aos dois minutos da segunda parte, evidentemente que tem uma quebra geral no ânimo de querer reverter o resultado. Provocou alguma desorientação e com a equipa dispersa e com os jogadores fora do lugar não há transição nem coesão defensiva, há espaço entre linhas e o adversário aproveitou esse espaço e fez golo", apontou o técnico dos bracarenses.

Carlos Carvalhal reconheceu que a maior qualidade do Leicester fez a diferença. "Justificada também por um adversário que é forte, ganhou 4-0 ao Leeds, foi ganhar 5-2 ao Manchester City, tem uma equipa individual e coletivamente muito forte, alicerçada pela quebra anímica com o segundo golo. Isto deu origem a um jogo muito incaracterístico, com muitos espaços, alguns erros em que o resultado acaba por se avolumar pela qualidade do adversário", salientou.

Já com o jogo com o Benfica, no domingo, no horizonte, o treinador do Braga acredita que esta goleada não fará mossa à equipa. "Não cometemos os mesmos erros que cometemos hoje. Se estivéssemos a repetir erros estaria muito preocupado, acaba por ser um jogo isolado numa ilha no meio do nosso percurso. Coisas que vamos analisar e tentar retificar, pois o jogo é já no domingo e vamos aparecer fortes", rematou

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG