Liga

Carvalhal quer Braga "unido" e "humilde" para vencer

Carvalhal quer Braga "unido" e "humilde" para vencer

Na antevisão ao duelo com o Sporting, respetivo à segunda jornada da Liga, Carlos Carvalhal não escondeu o favoritismo leonino, pelo estatuto de campeão nacional, mas não deixou de salientar que quer um Braga "unido e humilde", para tentar conquistar os três pontos.

"Temos de ser humildes, trabalhadores e de respeitar um adversário que está forte. Temos de ser unidos dentro do campo, em comunhão com os nossos adeptos, e de tentar ganhar pontos no jogo de amanhã, obviamente com o desejo de ficar com os três pontos. Só com o apoio da nossa massa associativa e uma união muito forte dentro de campo poderemos vencer o Sporting", realçou, na antevisão.

Sobre o facto de, na temporada passada, o Sporting ter levado a melhor em três dos quatro confrontos com o homónimo de Braga, Carvalhal desvalorizou a questão, referindo que já "matou um borrego" com o triunfo perante o Marítimo na jornada inaugural. Apesar da estatística desfavorável, o treinador dos Gverreiros rejeitou que a pressão em torno da equipa seja diferente da habitual.

PUB

Relativamente à possível saída do médio Fransérgio, um dos mais preponderantes na temporada passada, Carvalhal foi pragmático, acrescentando ainda que o mercado deveria ter fechado "um dia ou dois antes do primeiro jogo oficial". "Há conversações, é uma realidade. Não está nada fechado. É jogador do Sporting Clube de Braga. Enquanto cá estivesse, disse que ia estar disposto a jogar a 200%. Tenho de agradecer esta postura do Fransérgio. Neste processo, o normal era que o jogador se resguardasse, para não se lesionar. Mostrou ser um grande campeão. Está convocado", explicou.

O jogo está agendado para as 20.30 deste sábado, no Estádio Municipal de Braga, com arbitragem de Luís Godinho (Évora).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG