Liga

Casa Pia terá de receber o Sporting e F. C. Porto em Leiria

Casa Pia terá de receber o Sporting e F. C. Porto em Leiria

O Casa Pia tem de defrontar o F. C. Porto e o Sporting no Estádio Municipal de Leiria, uma exigência do regulamento da Liga pelo facto de os "gansos" receberem o Benfica naquele campo, no sábado, na segunda jornada.

Com o Estádio de Pina Manique em obras e o relvado do Estádio Nacional, em Oeiras, em recuperação, o Casa Pia requisitou à Liga Portuguesa de Futebol (LPFP) a realização do jogo com o Benfica, relativo à segunda jornada da I Liga, no Estádio Municipal de Leiria.

O pedido foi aceite no início deste mês, mas tem implicações para os restantes encontros desta época com os "grandes", segundo está previsto no número quatro do artigo 29.º do Regulamento das Competições (RC) da LPFP.

PUB

"Caso (...) um clube pretenda indicar um jogo [noutro estádio] com as equipas da Futebol Clube do Porto, Futebol, SAD, Sporting Clube de Portugal -- Futebol, SAD e Sport Lisboa e Benfica, Futebol, SAD, está obrigado a indicar o estádio alternativo para todos os três jogos (e apenas esses três jogos) que dispute na condição de visitado com essas três equipas", estipula o documento.

Fonte do Casa Pia confirmou à agência Lusa essa imposição.

"Somos obrigados a fazer os três jogos [com os grandes] no mesmo local. Temos de jogar em Leiria, a não ser que haja algum tipo de acordo entre os clubes, o que não é provável. À partida vamos jogar com os três grandes em Leiria", garantiu fonte da equipa recém-promovida à I Liga.

A alteração do Casa Pia-Benfica para o Estádio de Leiria, onde será disputado a partir das 18 horas do dia 13 de agosto, estabelece assim que os casapianos, na condição de visitados, têm Leiria como "casa" diante dos "dragões"', na 15.ª jornada, e dos 'leões', na 27.ª, a 8 de janeiro e 08 de abril, respetivamente.

A alteração regulamentar que impõe aos clubes da I Liga receberem Benfica, F. C. Porto e Sporting num mesmo estádio alternativo foi aprovada pela assembleia geral da LPFP em junho de 2016.

A direção da LPFP, presidida por Pedro Proença, promoveu essa alteração ao RC em resposta a uma matéria que, nas épocas anteriores, provocara polémica, sobretudo após a realização do Estoril - Benfica no Estádio do Algarve, em 2005.

A partir daí, passou a ser obrigatório a qualquer emblema receber Benfica, Sporting e F. C. Porto no mesmo estádio em que jogar com o primeiro, disposição que, desde a aprovação, é agora aplicada pela primeira vez.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG