Futebol

Casillas: "Um caso destes tira-te a arrogância num instante"

Casillas: "Um caso destes tira-te a arrogância num instante"

O ex-guarda-redes colocou, no início deste mês, um ponto final na carreira e está perto de regressar ao Real Madrid.

Iker Casillas fez questão de marcar presença na final da Taça de Portugal, que o F. C. Porto venceu frente ao Benfica, e poucos dias depois, mais precisamente a 4 de agosto, decidiu colocar um ponto final na carreira. O futuro, esse, já está a ser tratado, com um regresso ao Real Madrid, clube que representou durante grande parte da carreira, na agenda. Mesmo depois de uma despedida atribulada, na altura de ingressar na equipa azul e branca.

"Ainda nada está fechado, mas a minha nova etapa será no Real Madrid. A minha saída de lá foi traumática, mas é a minha casa. Foi como terminar um casamento, diz-se tudo e algumas frases foram mal proferidas e fora do contexto. Mas o tempo passa e tudo fica calmo. A relação com Florentino Pérez é mais tranquila. Disse-me 'tens de estar no clube'. Em agosto, vamos decidir tudo. Florentino ligou-me, fez uma oferta e quando regressar a Madrid iremos falar"", disse o espanhol em entrevista à revista "Semana".

O ex-guarda-redes recordou ainda o dia 1 de maio de 2019 quando, durante um treino, sofreu um enfarte do miocárdio, que o obrigou a afastar-se dos relvados.

"Há um ano estava com amigos, a almoçar. No dia seguinte tive um enfarte e tudo mudou. Tinha o médico por perto, caso contrário, tinha morrido. Por isso, já não estou cá para parvoíces. Desde então a minha cabeça mudou totalmente. Um caso destes deixa-te com os pés na terra, tira-te a arrogância num instante", acrescentou.

"Não estive com a Sara tanto quanto devia"

PUB

Sobre o lado mais pessoal, Casillas afirmou que tanto o enfarte como o cancro da mulher, Sara Carbonero, "abalaram o casamento" e que, depois da quarentena, houve algum afastamento.

"Andei de um lugar para o outro e não estive o que deveria ter estado ao lado da Sara", disse, revelando ainda a razão pela qual não marcou presença no funeral do avô da jornalista.

"Não pude ir porque era a final da Taça de Portugal e para entrar no estádio tinha que fazer um exame de coronavírus. Além disso, foi o meu último jogo com a equipa e eu tinha que estar lá. Regresso a Espanha? Ainda não sabemos onde vamos morar. Vamos passar férias na cidade da Sara (Corral de Almaguer) e na minha (Navalacruz)", explicou.

Outras Notícias