Sorteio

Champions: trio na roda da sorte após subida ao quinto lugar

Champions: trio na roda da sorte após subida ao quinto lugar

Sporting, F. C. Porto e Benfica conhecem esta tarde os rivais na Champions. Portugal ultrapassou a França.

Istambul, na Turquia, é o palco do sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões, que se realiza esta quinta-feira a partir das 17 horas. Portugal volta a ter três representantes na mais importante prova por clubes do Velho Continente, depois de o Benfica ultrapassar duas eliminatórias para se juntar a Sporting e F. C. Porto. Os pontos obtidos pelas águias - além, claro, dos que conseguiram Santa Clara e Paços de Ferreira nas rondas preliminares da Liga Conferência -, permitiram a Portugal ultrapassar a França no quinto lugar do ranking, e os gauleses não conseguiram, ontem, recuperar a posição, já que o Mónaco empatou na Ucrânia e ficou de fora da próxima fase.

É uma luta que promete animar 2021/22. Portugueses e franceses estão separados por poucas décimas e o desempenho das equipas nas fases de grupos será fundamental para determinar a classificação dos dois países e, assim, definir o número de vagas que cada um terá nas provas europeias de 2023/24 - o ranking não tem efeito na temporada imediatamente a seguir. Recorde-se que o quinto posto dá entrada direta na Champions a três equipas.

Para já, a França tem cinco representantes na UEFA, contra seis de Portugal, mas esse cenário pode mudar já hoje, uma vez que Paços de Ferreira e Santa Clara entram em ação na segunda mão do play-off da Liga Conferência, onde também está o Rennes.

Pouco por onde escolher

De volta ao sorteio da Champions, o Sporting estará inserido no Pote 1 - reservado aos vencedores das provas europeias e campeões dos países mais bem classificados -, enquanto F. C. Porto e Benfica ficam no Pote 3, devido ao ranking dos clubes. Com o fecho do play-off, os três grandes ficam hoje a conhecer os rivais, com a certeza de que dificilmente escapam a um ou mais tubarões.

PUB

Mónaco morre na praia e Sheriff abraça a história

O Mónaco esteve muito perto de virar a eliminatória ante o Shakhtar. Em Kharkiv, a equipa de Niko Kovac esteve a vencer por 2-0, mas Marlos reduziu para os ucranianos e, como os golos fora já não desempatam, a decisão surgiu no prolongamento com o tento de Aguilar. Na Croácia, o Sheriff empatou com o Dínamo Zagreb e fez valer o triunfo (3-0) da primeira mão para se tornar no primeiro representante de sempre da Moldávia na Champions. O Salzburgo segue em frente após repetir o triunfo (2-1) ante o Brondby.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG