Todd Boehly

Chelsea vendido por 4,9 mil milhões de euros

Chelsea vendido por 4,9 mil milhões de euros

Um grupo liderado por Todd Boehly, coproprietário da equipa de basebol dos Los Angeles Dodgers, vai adquirir o Chelsea por 4,25 mil milhões de libras (4,9 mil milhões de euros), anunciou o clube de futebol londrino.

"Espera-se que a venda esteja concluída até ao final de maio, sujeita à obtenção de todas as aprovações regulamentares necessárias", acrescentou o Chelsea FC, numa declaração divulgada na sexta-feira à noite.

O dono do Chelsea Roman Abramovich pôs o clube à venda em março, dias antes de ser alvo de sanções britânicas na sequência da invasão russa da Ucrânia a 24 de Fevereiro.

Depois de um longo processo de licitação envolvendo vários grupos, Boehly e investidores parceiros foram escolhidos pelo Grupo Raine, com sede em Nova Iorque, que está a supervisionar a venda.

O grupo dos compradores inclui Mark Walter, também coproprietário dos Dodgers, o bilionário suíço Hansjoerg Wyss e a empresa de investimento norte-americana Clearlake Capital.

"O Chelsea pode confirmar que foram acordados termos para um novo grupo proprietário, liderado por Todd Boehly, Clearlake Capital, Mark Walter e Hansjoerg Wyss, para adquirir o clube", acrescentou a mesma nota.

"Do investimento total a ser feito, 2,5 mil milhões de libras [2,9 mil milhões de euros] vão ser utilizados para comprar de volta as ações do clube e esta soma será depositada numa conta bancária congelada no Reino Unido com a intenção de doar 100% para caridade, conforme acordado por Roman Abramovich", indicou.

PUB

Além disso, os novos proprietários comprometeram-se a investir mais 1,75 mil milhões de libras (dois mil milhões de euros) em nome do clube, de acordo com a declaração.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG