Futebol

Circulação proibida à volta do palco da final da Taça de Portugal

Circulação proibida à volta do palco da final da Taça de Portugal

A PSP vai restringir totalmente a circulação de pessoas e veículos junto ao estádio municipal de Coimbra, a partir das 16 horas de domingo, devido à final da Taça de Portugal, entre Braga e Benfica, agendada para as 20.30 horas.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a PSP de Coimbra explicita que a restrição de circulação em torno do estádio incide "concretamente a partir do cruzamento da rua General Humberto Delgado com a rua D. Manuel I e até ao cruzamento da Rua Dom João III com a rua General Humberto Delgado".

Apesar de ser um jogo sem público, as autoridades policiais esperam que se desloquem a Coimbra "grupos organizados de adeptos e que o evento atraia pessoas a locais adjacentes à sua realização".

"A PSP de Coimbra apela a que todas as pessoas, residentes e não residentes, evitem a circulação em toda a área envolvente ao Estádio", refere o comunicado.

A Polícia diz ainda que, face ao jogo da Taça de Portugal, está a desenvolver uma operação de segurança que envolve "um conjunto ajustado de esforços e de recursos", nomeadamente Corpo de Intervenção, Centro de Inativação de Engenhos Explosivos, Grupo Operacional Cinotécnico, Equipas de Prevenção e Reação Imediata "que se deslocam em motociclos" e ainda Equipas de Intervenção Rápida cedidas por outros Comandos da PSP.

A operação, justifica, deve-se à "atual realidade pandémica" e à necessidade de acautelar "as condições de segurança dos intervenientes na competição e das pessoas que vivem e visitam a cidade".

"Além das questões relacionadas com a ordem pública, a PSP irá dar uma particular atenção à prevenção e dissuasão de outros comportamentos de risco, nomeadamente no contexto da prevenção da covid-19, pelo que relembramos que, no contexto da Situação de Calamidade em vigor, não é permitido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública, devendo ser respeitados os limites de lotação de estabelecimentos e esplanadas, bem como os limites relativos a concentração de pessoas na via pública", avisa a nota.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG