Futebol

Clubes não profissionais já começaram a receber apoio da Federação

Clubes não profissionais já começaram a receber apoio da Federação

Os clubes não profissionais de futebol e futsal já começaram a receber os montantes aprovados para a linha de crédito de um milhão de euros criada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), depois de suspender as competições devido à Covid-19.

Fonte oficial da FPF disse à Lusa que alguns emblemas, na maioria do Campeonato de Portugal, já estão a receber verbas e outras dezenas de pedidos de clubes estão em análise até ao fim de abril para receberem este primeiro apoio criado pelo organismo em 16 de março, quatro dias depois de ter suspendido as competições nacionais de futebol e futsal.

Estas provas viriam a ser canceladas a 8 de abril, depois de as competições dos escalões de formação terem tido o mesmo desfecho, numa decisão tomada a 27 de março último, devido ao estado de emergência decretado para fazer face ao novo coronavírus.

Depois de ter lançado esta linha de crédito, a FPF lançou um fundo de 4,7 milhões de euros também com o propósito de minimizar os efeitos da pandemia na tesouraria dos clubes, um valor que viria a ser reforçado em cerca de um milhão de euros, com metade do prémio de qualificação para o Euro2020 da seleção nacional.

As candidaturas a este fundo de ajuda decorrem até 30 de abril, podendo os clubes do Campeonato de Portugal e da Liga feminina receber um total de 35250 euros, com parcelas de 17625 a serem disponibilizadas em maio e em junho.

Para poder utilizar este fundo, os clubes não profissionais têm que provar a inexistência de salários em atraso até final de fevereiro de 2020 e, após terem acesso ao financiamento, terão que ser cumpridores nas próximas quatro temporadas, mantendo todas as equipas em atividade.

Na primeira época, os emblemas que utilizarem o fundo terão que pagar 10% do valor disponibilizado pela FPF, seguindo-se 25% e 32%, na segunda e terceira, respetivamente. Os restantes 33% serão a fundo perdido, mais 8% do que inicialmente previsto.

Os emblemas dos campeonatos de futsal masculinos e femininos podem receber 24 mil euros, o triplo do atribuído ao segundo escalão de futebol feminino (oito mil) e também acima da segunda divisão de futsal (6300).

Os montantes agora recebidos pelos clubes no âmbito da linha de crédito vão ser descontados nos valores globais do fundo, de acordo com o regulamento aprovado pela FPF.

Outras Notícias