O Jogo ao Vivo

F. C. Porto

Conceição e a covid-19: "Todos os cuidados são poucos"

Conceição e a covid-19: "Todos os cuidados são poucos"

O treinador do F. C. Porto fez a antevisão do duelo com o Portimonense, esta sexta-feira, no Algarve (19 horas), admitindo que a quarta melhor defesa do campeonato pode causar muitas dificuldades aos dragões, e garantiu que a polémica, da época passada, com Paulo Sérgio, está totalmente sanada.

Os dragões visitam Portimão, onde venceram os últimos seis jogos, mas Conceição lembra que os históricos "não dizem muito": "Mas levam-me para um sentimento que é sempre difícil jogar em Portimão e temos exemplos disso num passado recente, com jogos ganhos para lá dos 90 minutos. O Portimonense tem-nos habituado a ter jogadores de qualidade acima da média, este ano também os tem. Organiza-se bem e é uma equipa muito vertical e incisiva no ataque à baliza do adversário. Até pode não criar muitas oportunidades por jogo, mas é muito eficaz".

"Estamos precavidos para um jogo difícil, frente a um coletivo forte: é a quarta melhor defesa, com mais um golo sofrido do que nós. Queremos ir lá para conquistar os três pontos", acrescentou Conceição, que voltou a pedir mais eficácia à equipa portista. "Cabe-nos continuar a criar muitas situações e ser mais eficazes e defender bem. Se assim não for, vamos ter mais dificuldades.

Os números da pandemia continuam a crescer em Portugal e já covid-19 aperta, cada vez mais, o futebol. "O futebol e a sociedade em geral. Ainda hoje tivemos conversa com departamento médico e a responsabilidade tem de ser de toda a gente. Temos de viver com isso. Se não formos responsáveis, podemos ficar sem elementos, jogadores, staff. Tem de haver máxima responsabilidade e perceção que todos os cuidados são poucos para nos mantermos aptos. É preocupante para a sociedade", comentou Conceição, que preferiu não voltar a falar do jogo B SAD-Benfica.

"Já falei sobre isso. São essas mesmas regras, que são ditadas e metidas em prática por gente habilitada para isso e não vai ser o treinador do F. C. Porto a comentar", referiu, não tecendo grandes comentários sobre as notícias relacionadas com o processo que envolveu buscas na SAD. "Já falei sobre isso e voltar ao assunto era desviar a nossa atenção do jogo".

Nakajima e o contexto Portimonense

Depois de ter sido pouco utilizado no F. C. Porto, Nakajima tem dado nas vistas em Portimão - está emprestado pelos azuis e brancos e, por isso, não pode jogar -, e Conceição deu a entender qual a justificação para a diferença do rendimento do japonês.

PUB

"Olhei para a equipa do Portimonense e não olhei muito para o Nakajima, porque não pode jogar. O seu contributo tem sido de bom nível, no contexto do Portimonense e não do F. C. Porto", afirmou.

"Estou de dieta, não posso beber álcool"

Um dos assuntos da conferência de Imprensa foi o desentendimento entre Sérgio Conceição e o treinador dos algarvios, Paulo Sérgio, na época passada. O caso é passado e, mesmo sem agitar a bandeira branca, o técnico portista deixa entender que está tudo resolvido, quando questionado se pondera cumprimentar ou beber um copo de vinho com o adversário desta sexta-feira.

"Estou de dieta e, por isso, não posso beber álcool. Somos homens do futebol e o que tenho de analisar é o trabalho do Paulo e a excelente fase que está a atravessar, que não se deve à relação com outros. O Paulo é dos treinadores com quem mais simpatizo, e isto não é levantar a bandeira branca. Se guardo alguma mágoa, ou sentimento negativo? O que aconteceu não foi bonito, mas acontece por essa Europa fora com enormíssimos treinadores, que foram campeões da Europa e não deixam de ter essas confusões. Não deviam existir, obviamente, mas no calor do jogo entendem-se. Esse episódio passou logo horas depois: quero que o Paulo seja feliz, tirando amanhã, e que tenha saúde para ele e para a família", finalizou Sérgio Conceição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG