F. C. Porto

Conceição: "Hoje fomos enganados. Hoje fomos roubados aqui"

Conceição: "Hoje fomos enganados. Hoje fomos roubados aqui"

Sérgio Conceição, treinador do F. C. Porto, mostrou-se bastante irritado com o estado do relvado e com a arbitragem de Fábio Veríssimo no empate no terreno do Belenenses SAD (0-0), mesmo reconhecendo que a equipa não conseguiu marcar.

"Ainda não tenho notícias do estado de saúde do Nanu. Sei que está no hospital, penso que tinha recuperado um pouco a consciência, agora vamos ver. O médico falará nisso depois", começou por referir o técnico portista no final da partida, com um ar bastante consternado.

Quanto ao encontro, Sérgio Conceição anota que não foi só o lance do choque violento de Nanu com o guarda-redes do Belenenses SAD que marcou o empate sem golos. "Não foi só esse lance, sinceramente há coisas que não percebo no futebol português. Não entendo jogarmos um relvado destes. Dizem que é igual para as duas equipas, é verdade, mas uma equipa que tem de assumir o jogo e ir à procura do resultado é mais difícil, pois tem de ter o controlo do jogo, tem de ter 70 a 80% de posse de bola, tem de criar ocasiões e é mais fácil defender num terreno assim do que atacar. Não é igual para as duas equipas", salientou.

E prosseguiu sobre o estado do terreno: "Não sei como é que marcam os jogos com esta qualidade de relvado. Mesmo em termos de possibilidade de haver mais lesões, é incrível. Para a prática de futebol é incrível".

"Esta é a primeira coisa. A segunda são todas as incidências do jogo. Fomos à procura do resultado, pensávamos que marcando o primeiro golo as coisas seriam diferentes. O Belenenses foi-se defendendo conforme pôde, nós fomos criando situações e não fizemos golo", acrescentou.

PUB

Sérgio Conceição direcionou depois a crítica para o árbitro. "Vimos uma arbitragem como já não me lembro. Não sei até que ponto um árbitro que está sob uma polémica incrível [na sequência do quinto amarelo a Palhinha], como todos sabemos, vem apitar um jogo que pode ser decisivo para o título em termos de pontos. Houve dois jogadores em três situações diferentes que mereciam ver o segundo amarelo e ser expulsos, o do Calila sobre o Corona roça se calhar o vermelho. É inacreditável como não o expulsa".

E o tom acusatório do técnico portista continua: "Um árbitro que vem de uma polémica enorme e o Conselho de Arbitragem mete-o a arbitrar aqui hoje [quinta-feira]. É inexplicável isto. Independentemente de termos de meter a bola dentro e fazermos golo, isto é revoltante e tenho os jogadores revoltados no balneário. Este penálti [choque de Kritciuk com Nanu] é penálti em todo o lado do Mundo. É involuntário, mas pergunto, alguém faz penáltis voluntários? Alguém tem vontade de fazer penáltis? Involuntário ou não, é penálti. Ponto".

"Hoje fomos enganados. Hoje fomos roubados aqui", finalizou Conceição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG